Nesse espaço especial quero dividir minha paixão por papel e pela Disney.
Eu, que já viajei tanto na Silhouette, hoje corto papel com tesoura e bisturi, redescobrindo o prazer dos pequenos detalhes.
Papel me inspira desde criança, me faz viajar...
Amo todos, desde aquele baratinho de embrulhar peixe na feira até os mais requintados e caros, cheios de texturas e cores.
Cada post será uma viagem pelas minhas experiências (boas e ruins, porque nem todo dia o céu está azul..) da ideia até a foto final (nem sempre com o resultado planejado) na criação de um projeto.
Quero mostrar compartilhar as novidades, lançamentos, truques e técnicas para que todos viajem comigo explorando as infinitas possibilidades desse mundo mágico.
Todos são muito bem vindos nessa viagem!

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Testando de verdade a PixScan

Olá Silhouetteiras, sejam bem vindas a bordo!!

O voo de hoje é para comentar a novidade da qual tanta gente anda falando: as novas bases de corte com a tecnologia Pix Scan.


Você pode comprar sua base de corte Pix Scan para Silhouette Cameo ou Silhouette Portrait aqui.

Para começar nosso assunto, vamos revisar o conceito dos projetos de imprimir e cortar.
Antes de qualquer coisa, a imagem vinda de um kit digital ou da internet precisa ser rastreada (ou vetorizada manualmente) para que passe a ter linhas de corte.
Em projetos de imprimir e cortar feitos da forma tradicional, se fosse uma imagem vinda da loja online, ela já teria linhas de corte.
No caso da base da Pix Scan, como o corte ocorrerá a partir da imagem (foto ou vinda do scanner), mesmo que a imagem tenha vindo da loja online da Silhouette será preciso rastrear.


Depois disso, é preciso inserir as Marcas de Registro, que serão impressas junto com a imagem e servirão de referência para a Silhouette para que ela saiba onde estão as linhas de corte.

É justamente nessa segunda etapa que está a inovação proposta pela base do Pix Scan: a base já vem com as marcas de registro, que não precisam mais estar impressas no papel, junto com a imagem.



Importante lembrar aqui que as imagens continuam precisando passar pelo rastreamento ou vetorização.

Quando eu ouvi falar da Pix Scan pela primeira vez, já pensei logo que agora seria possível cortar imagens dos papéis de scrap. 
Na prática, não é tão simples assim.

O primeiro ponto (onde, confesso, fiquei um pouquinho decepcionada), é o tamanho da base Pix Scan para a Cameo. Diferente da base normal, a área útil não é de 30,5x30,5cm (tamanho do papel de scrap), é de apenas 30x21,7cm. Com isso, é preciso cortar uma tira de aproximadamente 9 cm do papel porque toda a área do papel deve fica dentro da margem desenhada na base de corte.

A base Pix Scan para a Portrait tem área útil de 29,6x19,5cm.


O sistema Pix Scan funciona assim: o papel onde está a imagem que queremos cortar é colado na base de corte e, usando uma máquina fotográfica digital, um smartfone ou um scanner, registramos a imagem da base de corte com o papel.
A foto deve ser tirada em angulo reto, com boa iluminação e o mínimo possível de sombras.
Na hora de abrir essa imagem no programa, devemos usar a ferramenta de Pix Scan.


Quando acionada, a ferramenta de Pix Scan abre uma janela onde podemos fazer o upload da imagem.


Testei vários tipos de papel de scrap, com diferentes tipos de padrões de cor.

Vamos usar três diferentes tipos de estampa como exemplo.

O primeiro é esse papel de fundo escuro, com a coruja colorida. 


Seguindo a teoria do processo de rastreamento, que cria uma linha de corte onde há contraste de cor ou de tom, quando tentamos fazer o rastreamento da coruja as linhas de corte não são precisas pois aparecem também em partes do cenário.
Não tem nada errado aqui, o processo está acontecendo corretamente. 
Nesse tipo de imagem (estando na Pix Scan ou não), o rastreamento automático é IMPOSSÍVEL. 
A única alternativa nesse caso é vetorizar manualmente, ou seja, desenhar a linha de corte ponto a ponto.


Outro caso: papel claro e com muitas imagens. 
Aqui seria necessário rastrear UMA A UMA todas as imagens para criar as linhas de corte.
O problema é que, como as imagens tem diferentes intensidades de cor, não é fácil fazer o rastreamento de forma que as linhas fiquem perfeitas em todas as imagens, será preciso editar as linhas de corte para corrigir os defeitinhos.


Terceiro caso: uma folha clara, com uma única imagem colorida (ou mais de uma, desde que isoladas uma da outra)



Aqui sim o processo de rastreamento funciona perfeitamente!!






Após a criação da linha de corte basta enviar para a Silhouette, ajustar as configurações de corte de acordo com o material que será cortado e pronto!!!

Legal, né? 

Importante: não vai achando que é só colar o papel na base, fotografar e colocar na tela que a máquina vai cortar porque não é assim. 
Volto a dizer isso porque acho extremamente importante que fique claro: o uso da Pix Scan não dispensa o processo de rastreamento, que continua sendo IMPRESCINDÍVEL. 

A parte mais complexa do processo (rastreamento e/ou vetorização e eventual edição de pontos) continua igual, com todas as exigências técnicas de antes.

Não consigo deixar de sentir um certo gostinho de "quero mais" no que se refere ao tamanho da área de trabalho.

Espero que vocês tenham gostado e que me mostrem as suas criações usando a base Pix Scan.

Um beijo e até o próximo voo.


Karin

31 comentários:

  1. explicação bem realista e reforça a idéia de que devemos sempre buscar aprender mais e não acreditar em mágica,parabéns

    ResponderExcluir
  2. Alice, bom dia!
    O que está me deixando apavorada é que tenho a versão 3, mas quando vejo vídeos no you tube noto funções a mais que as minhas na tela. Será versão paga? Até agora não sei como serão esses comandos e minha base pixScan, chega hoje. Estou bastante ansiosa e receosa de não conseguir usar por não saber o comando.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Silvia, não exite nada na versão Designer que seja adicional quando se trata de Pix Scan. O funcionamento é o mesmo. O único comando é o de importar a imagem.

      Excluir
    2. Oi, Karin
      Entendi e agradeço, mas na 4ª foto com uma seta cor de laranja diz " O sistema Pix Scan funciona assim: o papel onde está a imagem que queremos cortar é colado na base de corte e, usando uma máquina fotográfica digital, um smartfone ou um scanner, registramos a imagem da base de corte com o papel.
      A foto deve ser tirada em angulo reto, com boa iluminação e o mínimo possível de sombras.
      Na hora de abrir essa imagem no programa, devemos usar a ferramenta de Pix Scan.". Com isso fiquei receosa porque na minha sil não aparece essa ferramenta.
      Mas ainda não testei. Mas com certeza irei me lembrar da resposta que prontamente você me de anteriormente.
      Bjs

      Excluir
    3. Silvia, é previso atualizar o software para que a ferramenta de Pix Scan esteja disponível.

      Excluir
    4. A questão é: eu não acho o software pra atualizar hahah O:

      Excluir
  3. Bom dia, tem base de pix scan para silhouette sd

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata, a base para uso na SD será a da Portrait

      Excluir
  4. Obrigada pela clareza na descrição do produto.
    Sou também da opinião que nada se faz em passe de mágica.
    É preciso sempre, estudo,treino e dedicação.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adinês! Obrigada pela visita. Acho importante esclarecer como as coisas funcionam para que as pessoas criem expectativas possíveis. Quando as expectativas são irreais, fatalmente haverá decepção.

      Excluir
  5. adorei suas explicações!! Comprei a minha silhouette ontem e já estou contando as horas para ela chegar!!!
    beijos

    Ana

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Karin!
    Quero um cupom de desconto para adquirir logo a minha Silhouette, mas não estou conseguindo de nenhuma forma. Você pode me enviar urgente por favor. Obrigada. liliane.lara@gmail.com
    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Olá Queridas!
    Curti a PixScan mas a que gosto mesmo é a tradicional. Há possibilidade de substituírem o produto fazendo com que a tradicional saia de linha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geovana, não acredito que haja essa possibilidade, porque a tradicional tem usos aos quais a PixScan não se aplica. Cada uma tem sua especialidade

      Excluir
  8. Olá Karin!!! Não consigo atualizar meu V3 pra usar o Pixscan !!! Help me!!! :D

    ResponderExcluir
  9. Ola,comprei minha base pix scan,ja tirei foto na camera e no cel e nenhuma carrega,da uma mensagem de erro em ingles.Socorroooooo.

    ResponderExcluir
  10. Olá Karin! Obrigada por explicar tão bem.

    ResponderExcluir
  11. Olá, não consigo cortar com a base pixscan, dá falha de registro, será que estou fazendo de errado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kennia, tem várias causas possíveis... você está fazendo o procedimento direitinho? Me manda um e-mail karin@paper4you.com.br e me explica direitinho o que está acontecendo.

      Excluir
  12. Concordo contigo, Karin, pois do jeito que mostram nas demonstrações parece tudo muito fácil e simples...estou ainda pesquisando para ver se me viro com a Pixscan...descobri que tem uma questão de calibragem da câmera ou scanner...li num post pelas minhas andanças na net.

    ResponderExcluir
  13. eu posso fazer caixas como com as outras?

    ResponderExcluir
  14. NÃO CONSIGO RECORTAR COM A PIXSCAN! ME AJUDEM! IMPRIMI OS MEUS TRABALHO EM IMPRESSORA A LASER COLORIDA, COLEI NA BASE, TIREI FOTO, COM QUALIDADE ALTA, MAS QUANDO CARREGO O ARQUIVO APARECE A MENSAGEM: NENHUM PERFIL DE CALIBRAGEM PÔDE SER ENCONTRADO... JÁ COMPREI OUTRA BASE ACHANDO QUE O PROBLEMA ERA NA PRIMEIRA BASE QUE COMPREI ERRADO, SEM PRESTAR ATENÇÃO DE QUE ERA DA PORTRAIT, E A MINHA É A CAMEO... ACHO Q VOU DESISTIR!

    ResponderExcluir
  15. A base pix scan serve apenas para cortar imagens impressas? Não consigo cortar nela um arquivo que eu mesma desenhei?

    ResponderExcluir
  16. Karin, comprei a pixscan da silhouette mas como muitas meninas não consigo pois da erro dizendo que não localizou marcas de registro e manda tirar outra foto.

    ResponderExcluir
  17. Karin, comprei a pixscan da silhouette mas como muitas meninas não consigo pois da erro dizendo que não localizou marcas de registro e manda tirar outra foto.

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. OLÁ KARIN...
    TAMBÉM ESTOU COM A MESMA DIFICULDADE DA MAIORIA DAS COLEGAS. BATI VÁRIAS FOTOS DA IMAGEM QUE PRECISO CORTAR. DA FALHA DE REGISTRO OU NENHUM PERFIL DE CALIBRAGEM.
    FIQUEI ARRASADA ACHANDO QUE PIXSCAN IRIA FACILITAR MINHA VIDA. REALMENTE NÃO DA P ACREDITAR EM PROPAGANDA.

    ResponderExcluir